fbpx

Ensino presencial

Início Agenda de cursos In company
Administração de Documentos Públicos e Formação da Memória Institucional – fundamentos, técnicas e prática INSCREVA-SE
Administração de Documentos Públicos e Formação da Memória Institucional – fundamentos, técnicas e prática

Administração de Documentos Públicos e Formação da Memória Institucional – fundamentos, técnicas e prática

CURSO ONLINE AO VIVO
19/10 a 23/10/2020 - 08h às 12h
R$ 1.897,00R$ 1.397,00

*Valor especial por tempo limitado

Faça sua inscrição

Digite o seu e-mail e acesse o PDF deste curso.

Curso Online 100% Ao Vivo

A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) apresentou a sociedade, em sua integralidade, novas formas de comunicação, trabalho, convivência e sociabilidade. Frente ao contexto de excepcionalidade, de adaptação coletiva, de restrição aos encontros presenciais e de tantos desafios na Administração Pública, a Consultre, alicerçada em seu compromisso de capacitar e desenvolver os agentes públicos, desenvolveu um formato inovador de CAPACITAÇÃO ONLINE 100% AO VIVO.

Dentro de um ambiente completamente virtual, nossos alunos terão:
Aulas com transmissão 100% Ao Vivo;
Didática e metodologia adaptadas a realidade virtual;
Material didático online direcionado e atualizado;
Plataforma de interação simultânea entre o professor e a turma;
Acesso exclusivo ao Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da Consultre;
Acompanhamento de um monitor durante todo o período de capacitação;
Suporte do professor para dúvidas e esclarecimentos pós aula;
Revisão ilimitada das aulas por até 24h após o último dia de curso;
Certificado com a maior carga horária do mercado.

Apresentação

O grande volume de documentos e processos digitais e físicos e a ausência de critérios técnicos para acumulação de documentos e informações que permitam estabelecer e controlar sua produção, uso, tramitação e arquivamento, com definição de prazos de guarda e destinação final, e o consequente recolhimento de fontes importantes para a formação da memoria institucional constituem um grande desafio enfrentado diariamente pelas organizações públicas. Este curso apresenta, de forma extremamente didática, uma metodologia desenvolvida com uma orientação prática adquirida pelo facilitar ao longo de 38 anos de vivências nos arquivos em todos os estados brasileiros.

Objetivo

Capacitar as instituições a desenhar politicas de gestão de documentos públicos, elaborar e implantar planos de classificação e tabela de temporalidade, estabelecer critérios de preservação de acervos arquivísticos para que as instituições fortaleçam suas ações de gestão de documentos digitais e físicos e consigam reduzir suas massas documentais, privilegiando guardar apenas aqueles de valor para as instituições.

Público Alvo

Servidores que atuam de forma direta e indireta com a gestão de documentos, que tenham a responsabilidade de orientar ou elaborar a construção de planos e tabelas de temporalidade. Entre esses se destacam arquivistas, bibliotecários, museólogos, servidores da área de TI, administradores, servidores da área de planejamento, de logística, colaboradores em serviços de informação – arquivos, bibliotecas técnicos de arquivo, memoriais; bancos de dados corporativos (sistematização das informações armazenadas), diretores e coordenadores da área de administração, de empresas e instituições públicas e privadas, gestores que necessitem alinhar a gestão estratégica de suas instituições à política de arquivos e informações, bem como àqueles que compõem ou formarão Comissões de Avaliação e Destinação de Documentos de Arquivos – CPAD; comissões e grupos de trabalho de gestão de documentos e de memória institucional e demais profissionais que atuem em arquivos e (ou) protocolos.

 

Programa

Módulo I – Do diagnóstico institucional ao desenho estrutural da gestão de documentos

  1. Quais os questionamentos que se devem elaborar sobre a instituição e o contexto?
  2. Ferramentas de levantamento para analise quantitativa e qualitativa: quem somos e o que queremos ser;
  3. Como sistematizar o planejamento, a organização, a direção e o controle da administração de documentos públicos.

 

Módulo II – Da regulamentação das politicas de acesso e preservação dos documentos e informações arquivísticas e o franqueamento da memoria institucional.

  1. Elaboração de atos de politicas institucionais de acesso e de proteção de documentos públicos;
  2. Formação e organização da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos e a criação de atores institucionais no plano estratégico do órgão, e de órgãos de assessoramento técnico;
  3. Estruturação das áreas de gestão de documentos e de memoriais.

 

Modulo III – Elaboração e aprovação de planos de classificação e de tabelas de temporalidades e de destinação de documentos públicos

  1. Roteiro para elaboração de planos de classificação e de tabelas de temporalidade;
  2. Aprovação dos instrumentos de gestão arquivísticas junto às instituições arquivísticas da esfera de competência;
  3. Da internalização dos instrumentos de gestão arquivística de documentos públicos.

 

Modulo IV – Da implementação da avaliação de documentos físicos e digitais: recolhendo para a memoria institucional e eliminando os destituídos de valor.

  1. Dos sistemas institucionais e da customização para adequar os instrumentos de gestão arquivística: as ferramentas para otimizar a gestão de documentos;
  2. Dos procedimentos administrativos para executar o trabalho de avaliação de documentos: formalizar o que se recolhe e o que se elimina para garantir a legalidade do ato administrativo;
  3. Do desfazimento de acervos e as atitudes voltadas ao meio ambiente.

 

Modulo V – O desenho de projetos de memória institucional: a socialização dos recursos documentais.

  1. O mercado consumidor da informação institucional: produtos e serviços;
  2. Da virtualização dos serviços de socialização da memoria institucional;
  3. Espaços de memoria: físicos e virtuais;
  4. Registo da Memória do Mundo: como obter a certificação;
  5. Minha instituição é referência: uma visão de futuro ou do presente?

Instrutor

Luiz Fernando Duarte de Almeida
Luiz Fernando Duarte de Almeida

Arquivista e bibliotecário documentalista. Especialista em Planejamento, Organização e Direção de Arquivos pela Universidade Federal Fluminense – UFF; especialista em Documentação e Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.  Aposentado como Analista Judiciário, área especializada, especialidade Arquivologia do Tribunal Superior do Trabalho – TST. Coordenou a Gestão Documental e Memória do TST e do CSJT; o Comitê Gestor do Malote Digital da Justiça do Trabalho; o Grupo de Trabalho de assessoramento em Gestão Documental ao CSJT. Secretariou o Comitê Gestor do Programa de Resgate da Memória da Justiça do Trabalho – CGMNac-JT. Foi membro da Câmara Setorial de Arquivos do Judiciário junto ao Conselho Nacional de Arquivos; e como membro do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (Proname) junto ao Conselho Nacional de Justiça. Coordenou e implantou os projetos: Arquivoteca Digital; Memorial do TST; planos e tabelas de temporalidade; certificação Programa Memória do Mundo – MOW Brasil, fundo Conselho Nacional do Trabalho – CNT, concedido pela UNESCO; 23 projetos de exposições temporárias; Laboratório de Restauração e Conservação de documentos. Chefiou a Seção de Conservação e Arquivo do Ministério Público Federal – PGR. Atuou como consultor Centro de Pesquisas da Petrobrás – CENPES onde desenvolveu o planejamento e a organização de arquivos técnicos setoriais; ministrou cursos para o SEBRAE, Confederação Nacional da Indústria, Petrobrás e Escola de Administração Fazendária – ESAF. Coordenou a área de capacitação em arquivos no Grupo TED – RJ. Foi arquivista do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, por 25 anos. Secretário executivo do Comitê de Deliberação dos Sistemas de Documentação e Informação do INSS – CEDIN. Idealizou e implantou o projeto CEDOCPREV em várias unidades do INSS. Liderou, junto ao Novo Modelo de Gestão do INSS, a equipe de gestão de documentos e de processos administrativos eletrônicos. Atuou como Vice-presidente da subcomissão do SIGA, junto ao Ministério da Previdência Social. Publicou 2 (dois) livros na área de arquivos. Ministrou cursos de arquivo para instituições em todos os estados brasileiros, durante 37 anos. Instrutor da Consultre desde a fundação da empresa.


Locais e datas

19/10 a 23/10/2020 - 08h às 12h

O curso será realizado em ambiente virtual ao vivo, de forma interativa, em plataforma profissional.

Requisitos: conexão com internet, webcâmera (opcional, recomendado), microfone e fone de ouvido.

Mais detalhes



R$ 1.397,00 – Valor especial por tempo limitado.

R$ 1.897,00 – Valor normal.

*Valores especiais para Grupos: Sob consulta, conforme número de inscritos neste ou em mais eventos. Envie e-mail para consultre@consultre.com.br



O pagamento poderá ser realizado por meio de boleto bancário, cartão de crédito (PagSeguro), PicPay, depósito, DOC ou ordem bancária na seguinte conta:

Banco do Brasil
Agência: 1240-8
Conta Corrente: 105.895-9

Favorecido: CONSULTRE – Consultoria e Treinamento Ltda.
CNPJ: 36.003.671/0001-53



Razão Social: Consultre – Consultoria e Treinamento Ltda.
Endereço: Avenida Champagnat, 645 - Ed. Palmares, Sala 502 - Centro, Vila Velha, Espírito Santo – CEP: 29. 100-011

CNPJ: 36.003.671/0001-53
Inscrição Estadual: Isento
Inscrição Municipal: 24.687-0

Estamos cadastrados no SICAF

E-mail para envio do empenho: inscricao@consultre.com.br

Clique aqui e tenha acesso as nossas CERTIDÕES NEGATIVAS.

 



Horário: As aulas deste curso online ao vivo serão ministradas no horário das 8h às 12h.

Carga horária:



Recomendamos que sua pré-reserva seja feita com antecedência, para garantir sua vaga, pois muitos cursos esgotam suas vagas bem antes do prazo limite.

0 Anos de credibilidade
0 Pessoas capacitadas
+0 Clientes fidelizados
+0 Cursos e seminários realizados

Cursos In Company

Você pode levar este curso para seu órgão ou empresa.

Solicite uma proposta
Precisa de ajuda?